Apoie o Blog!

terça-feira, 29 de setembro de 2020

A perspective on the ideogram Fu [父] from Si Fu [師父]


 A foto acima, mostra o momento em que Si Fu e Si Mo apreciam o espaço alugado naquela mesma manhã, que se tornaria a Casa da Família Moy Fat Lei. Si Fu tem uma habilidade muito especial, de enxergar a melhor harmonização da ambiencia objetiva e subjetiva de um Mo Gun. E neste dia não foi diferente: Imediatamente ao adentrar o local, ele teceu alguns comentários a respeito de como montar esta casa e de possibilidades a respeito da disposição dos objetos. Como vi ele fazendo isso por muitas e muitas vezes, não imaginaria que fosse diferente. 

The photo above shows the moment when Si Fu and Si Mo appreciate the  house we rented that same morning, which would become the Moy Fat Lei Family Mo Gun. Si Fu has a very special ability, to see the best harmonization of the objective and subjective ambience of a Mo Gun. And this day was no different: Immediately upon entering the place, he made some comments about how to set up this house and possibilities regarding the arrangement of objects. Since I saw him doing this over and over again, I wouldn't have thought it was any different.



Estavamos em Agosto de 2018, minha discípula Jaqueline Tergolina nos convidou a usar as dependencias de seu condomínio e apartamento[foto abaixo], para que as práticas pudessem acontecer. Aos Sábados, eu gostava de chegar mais cedo e fazer uma caminhada no estacionamento do Power Center que fica na esquina do prédio dela[foto acima]. Meu discípulo Cayo costumava me acompanhar e depois tomávamos café da manhã sentados num banco de pedra. 
Ficamos nessa situação por dois meses que pareceram passar voando, e confesso que me era uma situação muito confortável. Eu estava saindo de um ciclo muito pesado e entrando em outro com o falecimento do meu pai. Porém, escolhi exercer uma função que não tem paralelos em nossa sociedade ocidental: A função de Si Fu [師父].  E esta função é muito especial, inclusive para quem a desempenha, porque em muitos momentos ela me deixa mais forte ou mais maduro. 
É muito comum termos uma voz que nos diz que é hora de descansar: “Ei cara! Voce já fez o bastante! Por que não descansa? “ - Como de todas as pessoas que conhecemos, somos aquelas as quais nos enganamos com mais facilidade. A função de Si Fu [師父], me ajuda a lembrar que a minha vida não é mais só minha. E talvez por isso, eu tenha tentado de todas as maneiras ao longo destes dois meses de 2018, alugar a casa que viria a ser nosso Mo Gun. E mesmo num momento de crise particular, me propor a um novo desafio. Pois um Si Fu [師父] precisar ter estomago. 

It was August 2018, my disciple Jaqueline Tergolina invited us to use the facilities of her condo and apartment [photo below], so that the practices could happen. On Saturdays, I would like to arrive early and take a walk in the Power Center parking lot on the corner of her building [photo above]. My disciple Cayo used to accompany me and then we would have breakfast sitting on a stone bench.
We were in this situation for two months that seemed to fly by, and I confess that it was a very comfortable situation for me. I was coming out of a very heavy cycle and entering another with my father's death. However, I chose to perform a function that is unparalleled in our western society: The Si Fu  [師父]function. And this function is very special, even for those who perform it, because in many moments it makes me stronger or more mature.
It is very common to have a voice that tells us that it is time to rest a little bit: “Hey man! You've done enough! Why don't you rest? “- As with all the people we know, we are the ones who are most easily mistaken. The Si Fu [師父] function helps me to remember that my life is no longer just my own. And maybe because of that, I tried in every way during these two months in 2018, to rent the house that would become our Mo Gun. And even in a moment of particular crisis, I propose myself to a new challenge. For a Si Fu [師父] must have a stomach.


Costumo ponderar muito sobre cada decisão que tomo, e as vezes me percebo muito precavido. Meu Si Fu, fala muito de precisão. Para ele, se você faz mais ou menos que o necessário, você está sendo impreciso. Então esta função de Si Fu [師父], me ajuda a ir além das limitações do 'Thiago Pereira' todos os dias. E com essa casa não foi diferente. Pois de uma sala de 30mx30m, alçávamos um voo maior agora. Porém, acreditava verdadeiramente em meu interior, que minha Família Kung Fu merecia isso. Nós fizemos um ótimo trabalho, mesmo diante de momentos adversos. E por alguma razão, eu enxergava que apenas nessa casa, o tamanho de nossa Família iria caber. 

I tend to ponder a lot about each decision I make, and sometimes I feel very cautious. My Si Fu, speaks a lot of precision. For him, if you do more or less than necessary, you are being inaccurate. So this function of Si Fu [師父], helps me to go beyond the limitations of the  'Thiago Pereira' every day. And this house was no different. Because from a 30mx30m room, we were taking a bigger flight now. However, I truly believed within myself, that my Kung Fu Family deserved this. We did a great job, even in the face of adverse moments. And for some reason, I saw that just in this house, the size of our Family would fit.

Eu sempre me perguntava com a cabeça encostada na janela do 636 voltando da faculdade, se a minha habilidade de luta realmente condizia com o tempo de prática que eu já tinha. Esses eram delírios infantis. Com o tempo e com essa nova função de Si Fu [師父], percebi que ver esse Mo Gun montado, é uma manifestação muito mais poderosa daquilo que meu Si Fu me passou, do que qualquer habilidade de luta. Entendo também, que se parece difícil acordar no Domingo e fazer todas as sequencias, do Siu Nim Tau ao Baaat Jaam Do, sem parar e sem travar, encadeando cada Jiu Sik do início até o final. Manter esse Mo Gun durante este período de pandemia, e o dia que veio antes com o dia que vem depois, é algo que me emociona profundamente. 
Todos nós temos duas vozes dentro de nós, uma voz 'fácil' e uma voz 'difícil'. A voz fácil, é como a voz de nossas mães dizendo: “Vai ficar tudo bem!“ -E é por essa voz, que costumamos ser levados. Mas tem essa outra voz, aquela que não queremos ouvir, que costuma nos dizer: “Ei cara! Voce ainda não fez nada demais! Você nem começou!“ - E não é que essa voz te coloque para baixo, ela apenas te leva ao desafio. 

I always wondered with my head against the 636 Bus window coming back from college, if my fighting skills really matched the practice time I already had. These were childish delusions. Over time and with this new Si Fu [師父] function, I realized that seeing this Mo Gun , is a much more powerful manifestation of what my Si Fu gave me, than any fighting ability. I also understand that if it seems difficult to wake up on Sunday and do all the sequences, from Siu Nim Tau to Baaat Jaam Do, without stopping , chaining each Jiu Sik from beginning to end. Keeping that Mo Gun during this pandemic period, and the day that came before with the day after, is something that deeply touches me.
We all have two voices within us, an 'easy' voice and a 'difficult' voice. The easy voice is like the voice of our mothers saying, "It will be all right!" But there is this other voice, the one we don't want to hear, that usually says to us: “Hey man! You haven't done anything too much yet! You haven't even started! ”- And it's not that this voice puts you down, it just takes you to the challenge.
[Caligrafia de Si Taai Gung Moy Yat disposta no Mo Gun. 
Si Fu me deu de presente em meu anoversário de 2016]

[Si Taai Gung Moy Yat's handwriting displayed on Mo Gun.
Si Fu gave it to me in my 2016 anniversary.]


Então o ideograma Fu [父], que representa uma pessoa segurando duas armas com os braços erguidos, como se protegesse algo ou alguém, aparece no termo Si Fu [師父]. E isso é muito especial, pois entendo cada vez mais, a importância de um Si Fu [師父], proteger sua Família Kung Fu de si mesmo. De sempre buscar se aprofundar, não se ater as suas limitações e estudar bastante. E se muitas vezes, não for capaz de fazer isso por si mesmo, que o faça pela função que desempenha. 
Como no dia 28 de Setembro, completaram-se dois anos desde que pegamos as chaves, me veio essa reflexão que agora compartilho aqui. 

Then the ideogram Fu [父], which represents a person holding two weapons with his arms raised, as if protecting something or someone, appears in the term Si Fu [師父]. And this is very special, because I understand more and more, the importance of a Si Fu [師父], to protect his Kung Fu Family from himself. Always seeking to deepen, not stick to his own limitations and study hard. And if he is often unable to do it by himself, he can do it for the role he plays.
As on the 28th of September, two years have passed since we took the keys, this reflection came to me that I now share here.


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira 'Moy Fat Lei'
moyfatlei.myvt@gmail.com