Apoie o Blog!

quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

A DAY WITH MASTER URSULA LIMA

 

Um dos últimos momentos marcantes do ano de 2021 que vivi, foi ao lado da Mestra Ursula Lima e de seu marido Ricardo Lopes, em atividades diversas da Família Kung Fu que eles lideram[FOTO]. Eu pude participar ativamente de uma Cerimonia de Titulação como um dos Mestres convidados. Além disso, fui parte da audiência da última Cerimonia de 'Baai Si' do ano e na sequencia, sentei ao lado dos dois durante o almoço de confraternização. 
Para mim, estar com minha 'Si Suk', a Mestra Ursula Lima. É sempre uma oportunidade de muito aprendizado. Me identifico muito com ímpeto dela e com a energia que ela coloca nas coisas, sempre em busca da excelência. Porém, naquela manhã também pude admirar a evolução de seus alunos, os quais acompanho desde quando começaram. Fiquei muito impressionado com a capacidade não só técnica, ou a desenvoltura psicomotora de todos os participantes da Cerimonia, mas principalmente com sua sintonia. 

One of the last memorable moments of the year 2021 that I lived was alongside Master Ursula Lima and her husband Ricardo Lopes, in various activities of the Kung Fu Family they lead [PHOTO]. I was able to actively participate in a Tutor Degree Ceremony as one of the invited Masters. Also, I was part of the audience for the last 'Baai Si' Ceremony of the year and after that, I sat next to the two during the fraternization lunch.
For me, being with my 'Si Suk', Master Ursula Lima, is always an opportunity for a lot of learning. I really identify with her impetus and the energy she puts into things, always looking for excellence. However, that morning I was also able to admire the evolution of her students, whom I have followed since they started. I was very impressed with not only the technical capacity, or the psychomotor resourcefulness of all the participants in the Ceremony, but mainly with their attunement.
Vitor Antonio e Fernanda Lima[FOTO] me chamaram a atenção em função da sintonia que tinham entre si e com os outros. Muitas vezes compensando, muitas vezes se reconectando, mas aparentemente relaxados e focados no que deveria ser feito. Tudo isso, me impressionou muito. Vitinho, como eu o chamo as vezes, falou em algum momento sobre as dificuldades que o grupo enfrentou ao longo do ano. Muitas dessas dificuldades envolviam desentendimentos entre eles, mas que com a convivência e o propósito que compartilhavam, conseguiram superar. E isso estava nítido, através de seus movimentos. Eu precisaria tecer algumas palavras ao final, mas estava difícil não me voltar para dentro, com tantas reflexões que surgiram a partir do que vi ali. E escrevendo agora sobre essa oportunidade, talvez pareça que foi tudo perfeito, mas como eu mesmo sou um membro de uma Família Kung Fu, sei das dificuldades que surgem nos 'bastidores' de um evento como esse. Porém, preferi pensar no que poderia apreender do que estava vendo. E a palavra é essa mesmo... 'apreender'.

Vitor Antonio and Fernanda Lima[PHOTO] caught my attention due to the harmony they had with each other and with others. Often compensating, often reconnecting, but seemingly relaxed and focused on what should be done. All this impressed me a lot. Vitinho, as I sometimes call Vitor, spoke at some point about the difficulties the group faced throughout the year. Many of these difficulties involved disagreements between them, but with the coexistence and the purpose they shared, they managed to overcome. And that was clear through their movements. I would need to weave a few words at the end, but it was difficult not to turn inward, with so many reflections that emerged from what I saw there. And writing now about this opportunity, it might seem like everything was perfect, but as I myself am a member of a Kung Fu Family, I know the difficulties that arise 'behind the scenes' of an event like this. But I preferred to think about what I could learn from what I was seeing. 
Encerramos aquele dia maravilhoso, com a celebração do aniversário do marido da Si Suk, o querido Ricardo Lopes[FOTO]. Bem, do Núcleo Copacabana até o restaurante fomos juntos de carro. E eu sentado no banco de trás, lembrava das vezes que voltava do Méier com a Si Suk Ursula dirigindo, sua mãe no banco do carona e eu no banco de trás. Realmente, agora que eles estão nos Estados Unidos, aquele dia para mim tinha o gosto estranho do fim de um ciclo e do início de outro. E essa volta de carro, trouxe a dose certa de nostalgia para um momento como esse. 
Voltei caminhando sozinho por quase 4Km até onde estava meu carro. Mesmo com meus headphones, meu celular descarregou e eu caminhei em silencio. Senti falta de uma música para uma caminhada como aquela, mas tudo o que tinha era o barulho do vento. E foi uma caminhada difícil, pois a cada esquina, lembrava de um evento ou momento com a Si Suk. Isso porque suas escolas eram sempre entre aqueles quarteirões de Copacabana. Não lembrava que tínhamos tantas histórias por ali. 
Depois deste meu ritual particular de despedida, sigo atento a novas oportunidades de novas histórias com a Si Suk Ursula. Sigamos juntos.

We ended that wonderful day with the celebration of the birthday of Si Suk's husband, dear Ricardo Lopes[PHOTO]. Well, from the Copacabana School to the restaurant we went together by car, and I was sitting in the back seat, I remembered the times I came back from Méier with Si Suk driving, her mother in the passenger seat and me in the back seat. Indeed, now that they are in the United States, that day for me felt strangely like the end of one cycle and the beginning of another. And this car ride brought the right dose of nostalgia to a moment like that.

I walked back alone for almost 4 km to where my car was. Even with my headphones on, my cell phone's battery died and I walked in silence. I missed music for a walk like that, but all I had was the sound of the wind. And it was a difficult walk, at every corner, I remembered an event or moment with Si Suk since her schools were always between those blocks in Copacabana. I didn't remember we had so many stories there.

After my private farewell ritual, I'm looking foward for new opportunities for new stories with Si Suk Ursula. Sigamos.


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira 'Moy Fat Lei'
moyfatlei.myvt@gmail.com