Apoie o Blog!

quarta-feira, 29 de junho de 2022

LUK DIM BUN GWAN PRACTICE IN IPANEMA, RIO DE JANEIRO.

 

Numa Quinta chuvosa, tive a oportunidade de passar um fim de noite muito agradável com meus irmãos Kung Fu em Ipanema[FOTO]. Na ocasião, também estiveram presentes dois dos meus alunos. 
Nos reunimos para praticar um pouco de Luk Dim Bun Gwan, pois este que é meu Domínio favorito dentro do Sistema Ving Tsun, tem sido uma paixão minha nos últimos três anos e alvo de muito estudo. Isso se deu, pois devido a uma lesão grave no joelho em 2007 que não foi tratada devidamente, foi se agravando e me afastando cada vez mais da prática mais imersiva. Insatisfeito com essa situação, fiz muitas tentativas ao longo dos anos, de encontrar um posicionamento que me permitisse praticar em alta intensidade mesmo com a lesão. Sempre acreditei que deveria existir um jeito de fazer isso.

On a rainy Thursday, I had the opportunity to spend a very pleasant evening with my Kung Fu brothers in Ipanema[PHOTO]. Two of my students were also present on the occasion.
We got together to practice a little the Luk Dim Bun Gwan, as this, which is my favorite Domain within the Ving Tsun System, has been a passion of mine for the last three years and the subject of much study. This was because, due to a serious knee injury in 2007 that was not treated properly, it got worse and kept me away from imersive practice. Dissatisfied with this situation, I made many attempts over the years to find a position that would allow me to practice at high intensity even with the injury. I've always believed that there must be a way to do this.

Foi então que em 2020 durante a quarentena resolvi me aprofundar mais no tema. Tive encontros semanais com meu Si Fu para falar de Luk Dim Bun Gwan[foto]. Meus primeiros alunos se encaminhavam para acessar este Domínio, e eu sabia que havia muito mais a ser explorado em termos de transmissão, e que só meu Si Fu poderia me ajudar.

It was then that in 2020 during the quarantine I decided to delve deeper into the subject. I had weekly meetings with my Si Fu[PHOTO] to talk about the topic. My first students were heading to access this Domain, and I knew that there was much more to be explored in terms of transmission, and that only my Si Fu could help me.


O ano de 2020 foi bem especial, pois além de descobrir mais da essência do Luk Dim Bun Gwan a partir do contato com meu Si Fu, participei de seminários do Instituto Moy Yat com meu Si Gung e Mestres de todo o Brasil. Esses seminários abordaram não só o Domínio Luk Dim Bun Gwan, como também o Nível 5 do Programa Ving Tsun Experience[Que é baseado no mesmo Domínio]. Esse tipo de imersão me possibilitou finalmente descobrir como poder voltar a praticar o Luk Dim Bun Gwan com a intensidade que eu buscava e a partir disso, desenvolver ainda mais a paixão que sempre tive por esse Domínio.

The year 2020 was very special, because in addition to discovering more of the essence of Luk Dim Bun Gwan through contact with my Si Fu, I attended  seminars of  Moy Yat Institute with my Si Gung and Masters from all over Brazil. These seminars covered not only the Luk Dim Bun Gwan Domain, but also Level 5 of the Ving Tsun Experience Program[Which is based on the same Domain]. This kind of immersion made it possible for me to finally discover how to be able to go back to practicing Luk Dim Bun Gwan with the intensity I was looking for and from there, develop even more the passion I always had for this Domain.

Por conta disso, me foi possível compartilhar com meus irmãos Kung Fu Cláudio Teixeira e Rodrigo Moreira, minha interpretação do Domínio Luk Dim Bun Gwan do início ao fim. Meu Si Fu tem falado muito desse aprendizado a partir da interação entre os irmãos Kung Fu, e acho que naqueles momentos que passamos juntos, conseguimos interagir nesse nível de troca que Si Fu espera.

Because of this, I was able to share with my Kung Fu brothers Cláudio Teixeira and Rodrigo Moreira, my interpretation of the Luk Dim Bun Gwan Domain from start to finish. My Si Fu has been talking a lot about this learning from the interaction between the Kung Fu brothers, and I think that in those moments we spent together, we managed to interact at that level of exchange that Si Fu expects.


Acredito que resiliência seja algo muito importante de ser desenvolvido. Nunca desisti de voltar a praticar mesmo com a lesão no meu joelho, por outro lado, sem ela talvez não me sentisse mobilizado a me aprofundar mais neste Domínio. Acontece que para as artes marciais, o aprendizado é constante. Estamos apenas começando!

I believe that resilience is something very important to develop. I never gave up on going back to practice even with my knee injury, on the other hand, without it I might not have felt mobilized to delve deeper into this Domain. It turns out that for martial arts, learning is constant. We're just getting started!



The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira 'Moy Fat Lei'
moyfatlei.myvt@gmail.com





terça-feira, 28 de junho de 2022

Patriarch Moy Yat Tribute 2022

Hoje celebramos o dia do aniversário do Patriarca Moy Yat. Nascido em 1938 e tendo falecido em 2001, sua contribuição para a comunidade marcial e especificamente para o Sistema Ving Tsun é tamanha, que suas ações e inovações, perduram através de seus descendentes dentre os quais, me incluo.
Foi através de uma expressão criada por ele chamada 'Kung Fu Life', que ele pode apresentar aos seus discípulos e a comunidade marcial, a maneira pela qual havia aprendido com o lendário Patriarca Ip Man.
Neste ano, através de um singelo vídeo de um minuto, o site Inside Ving Tsun faz essa pequena homenagem a este homem que através de uma maneira própria de transmitir o Ving Tsun, possibilitou com que as histórias aqui contadas, tivessem sua coerência dentro do que chamamos no Brasil de 'Vida-Kung Fu'.

Today we celebrate Patriarch Moy Yat's birthday. Born in 1938 and having passed away in 2001, his contribution to the martial community and specifically to the Ving Tsun System is such that his actions and innovations endure through his descendants, among which I include myself.
It was through an expression created by him called 'Kung Fu Life', that he was able to introduce to his disciples and the martial community, the way he had learned from the legendary Patriarch Ip Man.
This year, through a simple one-minute video, the Inside Ving Tsun website makes this small tribute to this man who, through his own way of transmitting Ving Tsun, made it possible for the stories told here to have their coherence within what we call in Brazil 'Vida-Kung Fu'.





The Disicple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira "Moy Fat Lei"
moyfatlei.myvt@gmail.com


segunda-feira, 27 de junho de 2022

Master Julio Camacho visits MYVT Meier School


 Durante sua estadia no Brasil durante o mês de Junho, também houve tempo para um momento muito especial com meu Si Fu no Mo Gun de minha Família Kung Fu. Pensando em priorizar os membros da minha Família Kung Fu, conversei com meus irmãos Kung Fu mais próximos, para explicar que preferiria deixar essa visita reservada aos meus alunos. Tiveram algumas exceções como o Rodrigo Moreira, que já frequenta o Mo Gun regularmente[E funcionaria como assistente do Si Fu na ocasião] e do próprio Marcelo Barreto. Marcelo retomou a prática tem alguns meses, mas sem muitas oportunidades de ter contato com o Si Fu. 
Desta forma, sabia que teríamos uma noite bem especial para a Família Moy Fat Lei. 
Esta visita ao Mo Gun da minha Família, teve uma série de camadas e de acontecimentos distintos e simultâneos. 

During his stay in Brazil during the month of June, there was also time for a very special moment with my Si Fu at the Mo Gun of my Kung Fu Family. Thinking about prioritizing the members of my Kung Fu Family, I talked to my closest Kung Fu brothers, to explain that I would prefer to make this visit reserved for my students only. There were some exceptions such as Rodrigo Moreira, who already attends the Mo Gun regularly [And would work as Si Fu's assistant at the time] and Marcelo Barreto himself. Marcelo resumed the practice a few months ago, but without many opportunities to have contact with Si Fu. In this way, he knew that we would have a very special night for the Moy Fat Lei Family.
This visit to my Family's Mo Gun had a series of layers and different and simultaneous events.
Por isso, uma série de reparos e mudanças em nosso Mo Gun foram promovidos, para que a partir disso os meus alunos pudessem interagir e a partir daí algum potencial ser aproveitado. Para mim, ao buscar o Si Fu na casa de sua mãe, mal sabia tudo o que aconteceria...

Acabei chegando com uma hora de antecedência e fiquei vendo vídeos do 'Britain´s Got Talent' enquanto esperava ele. Isso fez com que a bateria do meu carro parasse de funcionar 15 minutos antes dele descer. Precisei da ajuda do pessoal da segurança do prédio para empurrar o carro e faze-lo pegar no tranco. Quando o carro ligou, pensei: 'Ufa!'. - Porém, o principal estava ainda por vir, que foi a conversa que tivemos a caminho do Mo Gun. Pegamos toda a hora do rush, e foi o suficiente para conversarmos...

Therefore, a series of repairs and changes in our Mo Gun were promoted, so that from there my students could interact and from there some potential could be used. For me, when I was waiting for Si Fu at his mother´s house, I hardly knew everything that would happen...
I ended up arriving an hour early and was watching videos of 'Britain's Got Talent' while I waited for him. This caused my car battery to stop working 15 minutes before he went downstairs. I needed the help of the security people in the building to push the car and make it start in stride. When the car started, I thought: 'Phew!'. - However, the main thing was yet to come, which was the conversation we had on the way to the Mo Gun. We caught the whole rush hour, and it was enough for us to talk...

Eu havia pedido para o Si Fu trabalhar algo relacionado ao 'Cham Kiu' com meus alunos. Sabia que diferente de mim, Si Fu iria fundo na essência do Cham Kiu, por um caminho bem diferente do meu insistente didatismo[Ainda muito presente nesse momento da minha carreira].
Si Fu costuma primeiro propor algo que o permita avaliar o quanto as pessoas estão realizadas sobre aquilo que ele vai falar. Ao perceber algum nível de confusão entre assuntos ou imprecisão no uso das palavras, ele aprofunda-se mais nesses aspectos. Depois, ele faz a mesma abordagem essencial na prática. 
E assim foi nossa conversa... Geralmente as conversas com Si Fu comigo vinham tendo uma abordagem para reflexão a partir de uma fala edificante. Desta vez não foi bem assim... Alguns temas baseados em imprecisões, precisavam ser acertados e alinhados. Por ainda estar confundindo alguns tópicos, Si Fu fez questão de ficar comigo por mais quarenta minutos dentro do carro parado na porta do Mo Gun no Méier. E além disso, foi uma conversa na qual pude me expressar também...

I had asked Si Fu to work on something related to 'Cham Kiu' with my students. I knew that, unlike me, Si Fu would go deep into the essence of Cham Kiu, in a very different way from my insistent didacticism [Still very present at this point in my career].
Si Fu usually first proposes something that allows him to assess how much people are aware with what he is going to say. When noticing some level of confusion between subjects or imprecision in the use of words, he delves deeper into these aspects. Then he takes the same essential approach in practice.
And  so was our conversation... Usually the conversations with Si Fu with me had an approach to reflection based on an edifying speech. This time it wasn't quite like that... Some themes based on inaccuracies needed to be fixed and aligned. Because I was still confusing some topics, Si Fu insisted on staying with me for another forty minutes inside the car stopped at the door of the Mo Gun in Méier. And besides, it was a conversation in which I could express myself too...


Muita gente em nosso Clã acha que 'No Cham Kiu não se golpeia'... - De fato, não há qualquer Jiu Sik presente no Cham Kiu com característica ofensiva a meu ver. Porém, não se trata disso, a questão é que o braço de cima que projeta o ponto de referencia médio, através do contato com o braço do outro permite com que a distancia seja mantida para as duas partes. Essa sensibilidade, faz com que o conceito de transpor o ponto de referencia médio após ocupá-lo, aconteça de maneira legitima. Você não transpõe porque golpeou, mas por que a possibilidade lhe foi oferecida. O contrário disso, talvez fosse passar dos limites estabelecidos pelo outro, e abusar da relação. 
Quando voltávamos no carro, também falamos sobre isso. Estou junto com o Si Fu tem 23 anos... Isso é muita coisa... Alguns alunos tinham 2 anos de idade quando eu já seguia o Si Fu, outros nem tinham nascido. Relações muito longas tem seus diferentes momentos. Mas naquele dia, Si Fu falou sobre 'limites' na volta pra casa. Mas acho aquilo que mais me tocou dentro dessa conversa, foi quando ele falou da necessidade de atualizar quem nós somos agora. E da impossibilidade dele ser quem já foi. Bom, não foi bem isso que ele disse mas foi o que ficou para mim. 
Muita gente costuma me elogiar pela minha hiperminesia recorrente, mas por outro lado, ela traz a dificuldade em alguns momentos de 'atualizar' as coisas... 
O Cham Kiu propõe uma movimentação constante, não só dos braços[como no Siu Nim Tau], mas ele apresenta uma maior complexidade ao lidarmos com movimentos lineares e de angulação em função do outro. Se ficarmos presos ao movimento anterior ou refletirmos demais sobre o seguinte, 'matamos' o movimento em si. É difícil, mas não impossível... Acho que eu e meus alunos, tivemos uma grande oportunidade relacionada ao Cham Kiu com o Si Fu naquela noite...

Many people in our Clan think that 'In Cham Kiu one does not strike'... - In fact, there is no Jiu Sik present in Cham Kiu with offensive characteristics in my opinion. However, this is not the case, the point is that the upper arm that projects the middle reference point, through contact with the other's arm, allows the distance to be maintained for both parties. This sensitivity makes the concept of transposing the average reference point after occupying the center legit. You do not transpose because you wanna hit, but because the possibility was offered to you. The opposite of that, maybe it would be going beyond the limits established by the other, and abusing the relationship.
When we got back in the car, we talked about it too. I'm with Si Fu for 23 years now... That's a lot... Some students were 2 years old when I was already following Si Fu, others weren't even born. Very long relationships have their different moments. But that day, Si Fu talked about 'limits' on the way home. But I think what touched me the most in this conversation was when he spoke of the need to update who we are now. And the impossibility of him being who he once was. Well, that's not what he said, but that's what I got.
A lot of people usually praise me for my recurrent hyperminesia, but on the other hand, it makes it difficult at times to 'update' things...
Cham Kiu proposes a constant movement, not only of the arms [as in the Siu Nim Tau], but it presents a greater complexity when dealing with linear and angular movements depending on the other. If we get stuck on the previous movement or think too much about the next one, we 'kill' the movement itself. It's difficult, but not impossible... I think my students and I had a great opportunity related to Cham Kiu with Si Fu that night...


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira 'Moy Fat Lei'
moyfatlei.myvt@gmail.com



segunda-feira, 20 de junho de 2022

BRUSSELS WALKTROUGH WITH MASTER JULIO CAMACHO

 

Começamos o dia com um café da manhã muito especial, pois Si Fu compartilhou de forma muito intimista e com muitos detalhes, toda a sua historia que precedeu sua entrada na Familia Kung Fu, bem como, seus primeiros anos. Aquele momento foi tão impactante, que Si Fu chegou a se emocionar lembrando-se dos tempos de altas aventuras, quando iniciou seu processo na Familia Moy Yat Sang.

We started the day with a very special breakfast, as Si Fu shared in a very intimate way and with many details, all his history that preceded his entry into the Kung Fu Family, as well as his early years. That moment was so impactful, that Si Fu got emotional remembering the times of high adventures, when he started his process in the Moy Yat Sang Family.
Saímos do hotel e fui conduzindo Si Fu pelas ruas de Bruxelas. Ele conversou bastante com meu irmão Kung Fu, e em vários momentos, teceu comentários para nós dois a respeito do objetivo por detrás dessa viagem de onze dias por tantos países. 

We left the hotel and I was leading Si Fu through the streets of Brussels. He talked a lot with my Kung Fu brother, and at various times, he made comments to both of us about the purpose behind this eleven-day trip through so many countries.
Si Fu ficou consternado com toda a beleza da Grand Place. O roteiro da Bélgica, foi feito por mim de ultima hora a caminho de Portugal. Lembro de ter lido que a Grand Place é o coração da cidade, e o livro guia de viagens não se enganou. 
Bruxelas é um local com pessoas de varias partes do mundo, mas realmente chamou a atenção a quantidade de pessoas de países árabes, no meio dessa metrópole com tanta diversidade.

Si Fu was shocked by all the beauty of the Grand Place. The Belgium itinerary was made by me at the last minute on the way to Portugal. I remember reading that the Grand Place is the heart of the city, and the travel guide book was not wrong.
Brussels is a place with people from all over the world, but the amount of people from Arab countries really drew attention, in the midst of this metropolis with so much diversity.

Paramos num PUB inglês para que eu pudesse provar uma GUINESS original no copo adequado. Si Fu achou divertida a ideia, e la ele teve uma conversa muito emblemática com meu irmão Kung Fu Claudio.

We stopped at an English PUB so I could taste an original GUINESS in the proper glass. Si Fu thought the idea was fun, and there he had a very emblematic conversation with my Kung Fu brother Claudio.
Si Fu compartilhou conosco sobre sua visão a respeito de como entrar na Europa com o Clã Moy Jo Lei Ou, e mais do que isso: Por onde entrar. 
Enquanto caminhávamos por lugares desconcertantes, ainda assim, não senti aquela mesma fagulha que senti em Varsóvia! São coisas do coração mesmo!

Si Fu shared with us about his vision on how to enter Europe with the Moy Jo Lei Ou Clan, and more than that: Where to enter.
As we walked through bewildering places, I still didn't feel that same spark I felt in Warsaw! These are really heartfelt things!
Terminamos o dia com mais uma visita de reconhecimento a região de Bruxelas e na sequencia um jantar em um restaurante chinês de muito boa qualidade. Lá, Si Fu começando da parte para o todo. Compartilhou suas impressões sobre como "fazer o nome" profissionalmente no mundo das artes marciais. Essa conversa foi muito valiosa. E um jeito digno de fechar a saga da Bélgica! 

We ended the day with another reconnaissance visit to the Brussels region, followed by a dinner at a very good quality Chinese restaurant. There, Si Fu starting from the part to the whole. He shared his impressions on how to "make a name" professionally in the martial arts world. This conversation was very valuable. And a worthy way to close the saga of Belgium!


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira 'Moy Fat Lei'
moyfatlei.myvt@gmail.com



sexta-feira, 17 de junho de 2022

Master Julio Camacho visits my house -KUNG FU LIFE AND BAAT JAAM DO


 Receber a visita do seu Si Fu em sua casa, é uma honra muito grande. Acontece que quando você começa a seguir um Si Fu, você não tem intimidade com ele suficiente para fazer tal convite. Ainda que em nosso Clã não tenhamos um “manual para etiquetas e protocolos da Vida-Kung Fu”, aprendemos através da convivência, a perceber no ar, o que é mais apropriado em determinado momento. Com isso, muitos convites o Si Fu não deveria aceitar[Ainda que pudesse ou mesmo quisesse], pois as chances de “perder a cara” seriam muito grandes. Porém, conforme você vai ganhando mais proximidade, cerots convites já poderão ser feitos e aceitos. O que acontece, é que junto de você, tem muitos outros discípulos que demandam atenção também. Com isso, o tempo de um Si Fu com uma carreira de longa data, passa a ser muito disputado. Então, apenas por esses fatores, já seriam motivos mais do que suficientes para valorizar a presença do meu Si Fu em minha residência naquela Sexta. Junto dele, meu Si Hing Leonardo e outros irmãos Kung Fu também estiveram presentes. Meu aluno Artur José, também almoçou conosco e permaneceu por alguns momentos ao longo da tarde. 

Receiving a visit from your Si Fu at your home is a great honor. It turns out that when you start following a Si Fu, you don't have enough relationship with him to make such an invitation. Although in our Clan we don't have a “manual for protocols of Kung Fu-Life”, we learn through the years, to perceive in the air, what is most appropriate at a given moment. With that, Si Fu should not accept many invitations [Even if he could or even wanted to], because the chances of "losing face" would be very high. However, as you gain more proximity, certain invitations can already be made and accepted. What happens is that next to you, there are many other disciples who also demand attention. With this, the time of a Si Fu with a long-standing career becomes very disputed. So, just for these factors, those would be more than enough reasons to value the presence of my Si Fu in my residence that Friday. Along with him, my Si Hing Leonardo and other Kung Fu brothers were also present. My student Artur José also had lunch with us and stayed for a few moments throughout the afternoon.

A ideia era que pudéssemos trabalhar detalhes sobre a listagem do últmo Domínio do Sistema Ving Tsun com meu Si Hing[FOTO] sob a orientação do Si Fu. Queríamos estudar pontos específicos da listagem, e para tal bolamos um plano infalível: “ E se nos preparássemos um mês antes de tal forma, que não houvesse outra possibilidade para o Si Fu, a não ser trabalhar o que buscávamos?” - Parecia uma boa estratégia, lapidar todo o restante, para que nossa execução não apontasse para outros furos que não nos interessavam naquele momento. Sem julgar a inocencia de nossa ação, uma coisa era certa: Aquela tarde de Sexta começara para nós bem antes, e perdura até hoje, sempre que nos encontramos para desdobrar o que vimos com o Si Fu. 

The idea was that we could work out details about the listing of the last Domain of the Ving Tsun System with my Si Hing[PHOTO] under the guidance of Si Fu. We wanted to study specific points of the list, and for that we came up with an infallible plan: "What if we prepared a month before in such a way, that there was no other possibility for Si Fu, except to work what we were looking for?" - It seemed like a good strategy, polishing everything else, so that our execution would not point to other holes that we weren't interested in at that moment. Without judging the innocence of our action, one thing was certain: That Friday afternoon had started for us much earlier, and it continues to this day, whenever we meet to unfold what we saw with Si Fu.

Longe dali, acontecia outra prática com o restante do pessoal. Cláudio, Silva e Carlos Antunes faziam uma prática referente ao momento em que se encontram no Domínio “ Baat Jaam Do”. Acho que nem nos meus sonhos mais fantasiosos, imaginaria que um dia a casa onde moro, se tornaria palco de práticas do último Domínio do Sistema Ving Tsun. Quando terminava o futebol, eu ligava minha fita K-7 e ficava praticando sozinho no meu antigo quarto na adolescência fazendo o que dava.... Havia comprado um saco de pancadas, mas o que aprendia no Ving Tsun não encontrava muito uso ali. Eu estava no “Cham Kiu”, e essas memórias me vinham a cabeça ao longo da tarde... Sem fita K-7, sem saco de pancadas, mas com muito mais Kung Fu. 

Far away, another practice took place with the rest of the brothers... Cláudio, Silva and Carlos Antunes did a practice referring to the moment in which they found themselves in the “Baat Jaam Do” Domain. I don't think even in my wildest dreams, I would have imagined that one day the house where I live would become the stage for practices in the last Domain of the Ving Tsun System. When soccer matches I used to play were over, I would turn on my K-7 tape and practice alone in my old room as a teenager doing whatever I could.... I had bought a punching bag, but what I learned in Ving Tsun didn't find much use there. I was at “Cham Kiu”, and these memories came to mind throughout the afternoon... No K-7 tape, no punching bag, but much more Kung Fu.
Voltando ao almoço, talvez tenha acontecido o momento mais significativo do dia... Sabe, eu tenho passado grande parte do meu tempo[cada vez mais], como um Si Fu. Com isso, tenho tido poucas oportunidades na prática, de ser um To Dai. Isso acontece também porque meu Si Fu mora nos EUA, e por mais que nos falemos com frequência, o encontro presencial ainda faz toda a diferença. 
Então estávamos a mesa, e começamos a nos servir. O almoço havia sido preparado gentilmente pela minha mãe. Acontece que uma das etiquetas mais básicas do círculo marcial, é esperar o Si Fu começar a comer para que comecemos em seguida. Então sem me dar conta, comecei a comer antes. Percebendo minha ação, rapidamente Si Fu disse :“Vamos comer !” - Imediatamente percebi o que tinha feito, e a comida começou a descer como se fossem pedrinhas do fundo de algum aquário. Se fosse uma luta de vida ou morte, eu teria morrido. Por hora, eu só tinha cometido uma gafe tremenda. 

Going back to lunch, maybe the most significant moment of the day happened... You know, I've been spending a lot of my time [more and more] as a Si Fu. With that, I have had few opportunities in practice, to be a To Dai in the last two years. This also happens because my Si Fu lives in the USA, and as often as we talk to each other, the face-to-face meeting still makes all the difference.
So we were at the table, and we started to serve ourselves. Lunch had been kindly prepared by my mother. It turns out that one of the most basic etiquettes of the martial circle is to wait for Si Fu to start eating so we can start right away. So without realizing it, I started eating before. Realizing my action, Si Fu quickly said: "Let's eat!" - Immediately I realized what I had done, and the food began to descend as if they were pebbles from the bottom of some aquarium. If it was a life and death fight, I would have died. For now, I'd only made one massive faux pas.

A casa onde vivo, tem muita história... Ela era o terraço da casa da tia do Si Fu onde ele começou a dar suas primeiras aulas de Ving Tsun em 1995. Mais tarde, sua prima a Mestra Ursula Lima, casou-se com o Sr. Ricardo Lopes e construíram essa casa onde ficava o tal terraço. Local esse que frequentei inúmeras vezes, por diferentes motivos. Finalmente, quando decidiu se mudar para os EUA, minha Si Suk Ursula ofereceu a casa para eu alugar. Na ocasião fiquei muito honrado, pois levando em consideração que a própria Si Suk tem discípulos que moram de aluguel, tomei aquele gesto como uma grande demonstração de carinho. 
Então, ao final do dia sentamos na minha sala e Si Fu conduziu uma roda de considerações sobre como havia sido o dia para cada um[FOTO]. Para mim ainda não estava claro o que estava acontecendo... Foram muitas as vezes em que estive com Silva e Carlos em algumas das casas do Si Fu, e Si Fu estava bem mais a vontade em minha casa do que eu próprio[risos]. Era como se eu fosse convidado em meu próprio lar... Mas as vezes é assim mesmo, a ficha só cai depois...

The house where I live has a lot of history... It was the terrace of Si Fu's aunt's house where he started giving his first Ving Tsun classes in 1995. Later, his cousin, Master Ursula Lima, married Mr. Ricardo Lopes and built this house where the terrace was. This place I frequented countless times, for different reasons. Finally, when she decided to move to the US, my Si Suk Ursula offered the house for me to rent. At the time I was very honored, because taking into account that Si Suk herself has disciples who live on rent, I took that gesture as a great show of affection.
So, at the end of the day we sat in my living room and Si Fu led a circle of considerations about how the day had been for each one [PHOTO]. It was still not clear to me what was happening... There were many times I was with Silva and Carlos in some of Si Fu's former houses, and Si Fu was much more comfortable in my house than I was [laughs] . It was as if I was a guest in my own home... But sometimes it's just like that, it only sinks in later...

Tinha uma propaganda antiga da década de 2000, do serviço de entregas chamado “Ninja Burger”. A premissa era de que os entregadores iam até sua casa levar o hamburguer vestidos de Ninja e entregavam sem voce perceber. A propaganda chegava ao ponto de mostrar os entregadores entrando na casa da pessoa e deixando o hamburguer sobre a bancada da pia sem serem percebidos..risos Vendo como meus irmãos Kung Fu deixaram minha casa em perfeita ordem, como se nenhuma prática tivesse acontecido ali... Me fez lembrar dessa propaganda. Nem parecia que eles estiveram ali... E essa questão de “ Deixar o ambiente melhor do que estava quando voce chegou”, é algo que aprendi com meu Si Fu. Com o tempo, ressignifiquei entendendo que não se trata só do uso que voce fez dos objetos, mas da sua presencça ser algo que agrega ao ambiente. Não tenho dúvidas, que o melhor expoente dessa habilidade em nossa Família é o Carlos Antunes[em primeiro plano na foto]. Onde quer que ele vá, a energia muda positivamente e todos se despedem dele com um sorriso. Assim como acontece com o Si Fu. Essa é uma habilidade ainda que preciso desenvolver...  E talvez tenha sido meu segundo grande aprendizado naquele dia... “ Como deixar o ambiente melhor do que estava quando cheguei”. 

It had an old advertisement from the 2000s for a delivery service called “Ninja Burger”. The premise was that delivery guys would come to your house to deliver the burger dressed as Ninjas and deliver without you realizing it. The advertisement went so far as to show the delivery men entering the person's house and leaving the hamburger unnoticed..laughs Seeing how my Kung Fu brothers left my house in perfect order, as if no practice had taken place there. .. It reminded me of this advertisement. It didn't even look like they were there... And this question of “Leaving the environment better than it was when you arrived”, is something I learned from my Si Fu. Over time, I gave new meaning to the understanding that it is not just about using the objects you made use off, but about your presence being something that adds to the environment. I have no doubt that the best exponent of this skill in our Family is Carlos Antunes [in the foreground in the photo]. Wherever he goes, the energy changes positively and everyone says goodbye to him with a smile. As with Si Fu. This is a skill I still need to develop... And maybe it was my second big learning that day... “How to leave the environment better than when I arrived”.


The Disciple of Master Julio Camacho
Thiago Pereira 'Moy Fat Lei'
moyfatlei.myvt@gmail.com